NR-12 e a automação industrial

A automação realizadas nas indústrias tem sido cada vez mais comuns, pois além de tornar o processo mais eficiente e padronizado, ainda traz uma maior segurança para os trabalhadores responsáveis por operar esses equipamentos e maquinários, pois o uso de trocadores de calor, válvulas, sensores e bombas podem reduzir os riscos ao qual os profissionais ficam expostos em seu dia a dia.

Pensando em alertar os nossos leitores, decidimos preparar o presente artigo falando mais sobre a automação industrial e como medidas de segurança do trabalho previstas pela NR-12 podem ajudar o trabalhador a evitar acidentes.

Ficou curioso? Então leia o nosso artigo até o final e fique por dentro do assunto!

Entendendo o que é a automação industrial

Primeiramente, devemos entender que automação industrial é um termo usado em referencia a um conjunto de soluções automatizadas que são aplicadas a um processo industrial.

Usualmente, equipamentos e maquinas essenciais em um processo produtivo estão conectados a softwares inteligentes, que diminuem a necessidade de um profissional para a sua operação, ou seja, as mesmas tem capacidade de funcionar por si só.

Desta forma, trabalhadores que em um primeiro momento operavam diretamente nestas máquinas e ficavam expostos a alguns riscos, hoje tem condições de exercer a mesma função apenas monitorando o funcionamento dessa máquina ou equipamento.

Sendo assim, a automação industrial é responsável por tornar os processos industriais mais inteligentes, dando uma maior autonomia a esses processos e iniciando uma nova era conhecida como indústria 4.0.

Benefícios da automação industrial

A automação industrial traz inúmeras vantagens aos processos industriais, conheça algumas abaixo.

  • Aumento da capacidade produtiva
  • Maior segurança para os trabalhadores
  • Produto final de maior qualidade e uniformidade
  • Redução de custos com mão de obra e matérias-primas.

 

Relação da automação industrial com a NR-12

O uso correto de equipamentos como sensores, scanners, botões de emergência, alertas sonoros e luminosos e mecanismos ópticos, pode ser fundamental para evitar acidentes como fraturas, choques, entre outros acidentes graves.

Tendo em vista isso, a norma regulamentadora de número 12, prevê a contribuição desses equipamentos junto a outras medidas que devem ser adotadas para garantir um sistema de segurança automatizado e um ambiente de trabalho mais seguro.

Os sistemas devem ser utilizados de forma a se adequarem dentro das categorias de risco de cada uma das máquinas envolvidas nos processos.

A NR-12 prevê 5 diferentes categorias:

  • Categoria B
  • Categoria 1
  • Categoria 2
  • Categoria 3
  • Categoria 4

Onde a categoria B representa os contextos onde o risco de acidente é menor, e a categoria 4, onde a probabilidade de risco é maior.

Cada uma das categorias existe um sistema de segurança automatizado correspondente, que atende as especificações exigidas para a manutenção da integridade física dos profissionais da área industrial.

 

Gostou de mais um dos nossos artigos? Caso queira saber mais sobre a NR-12, então confira o app da normatiza!

Faça o primeiro comentário a "NR-12 e a automação industrial"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*