Exercícios para artrite reumatóide: conheça!

treino_de_perna

Exercício para artrite reumatóide: exercício isométrico para a coxa

Coloque suas coxas em forma com o mínimo de dor nas articulações, seguindo estas etapas:

  • Sente-se no chão ou na cama com uma perna esticada e a outra dobrada.
  • Contraia os músculos da coxa da perna esticada o máximo que puder e conte até seis.
  • Relaxe e repita.
  • Faça isso com a perna oposta, aumentando gradualmente até cinco, depois 10, depois 15 repetições, duas vezes por dia com cada perna.
  • Se doer nas articulações, peça a um treinador que lhe mostre outro exercício isométrico para as coxas.

Alongamentos para artrite reumatóide: melhorar a flexibilidade

O alongamento suave é uma ótima maneira de aliviar a dor e a rigidez da artrite reumatóide. Também ajuda a aumentar sua amplitude de movimento. Comece cada sessão de alongamento com um leve aquecimento aeróbico de três a cinco minutos.

Mantenha os alongamentos por 30 segundos sem pular ou sacudir. Deve ser bom. Lembre-se: seja suave, não intenso.

Nos próximos slides, revisaremos alguns alongamentos úteis que podem ajudar a aliviar a dor e a rigidez da artrite reumatóide.

Alongamentos para artrite reumatóide: alongue os dedos

Como a artrite reumatóide atinge pequenas articulações, como as das mãos, esse alongamento pode realmente trazer algum alívio. Para retirar o alongamento do dedo com sucesso, siga estas etapas:

  • Faça um punho.
  • Abra e estenda os dedos o mais reto possível.
  • Repita este exercício, aumentando gradualmente até 20 vezes, duas vezes ao dia.
  • Para adicionar mais desafio a esse alongamento, aperte uma bola de espuma ou esponja do tamanho de uma bola de tênis, depois solte e estenda os dedos.

Alongamentos para artrite reumatóide: mantenha os punhos flexíveis

Outra série de articulações frequentemente prejudicada pela artrite reumatóide são as encontradas dentro dos pulsos. Para manter seus pulsos flexíveis, siga estas etapas:

  • Sente-se a uma mesa ou escrivaninha.
  • Com o antebraço esquerdo sobre a mesa, deixe a mão esquerda pendurada na beirada.
  • Use a mão direita para agarrar os dedos da mão esquerda e dobre a mão esquerda no pulso, movendo-a lentamente para cima e para baixo o máximo possível, sem dor.
  • Repita com a outra mão.
  • Aumente até 20 repetições, duas vezes ao dia.

Alongamentos para artrite reumatóide: experimente um alongamento de cotovelo

Evitar que os cotovelos fiquem rígidos e doloridos é útil de todas as maneiras. Para melhorar a flexibilidade do cotovelo, siga estas etapas:

  • Com o braço estendido paralelo ao chão, posicione a palma da mão voltada para cima.
  • Use a mão oposta para segurar os dedos e puxe a palma da mão estendida em direção ao chão.
  • Segure por 30 segundos.
  • Agora, faça o mesmo exercício, mas desta vez vire a palma da mão para baixo.
  • Use a mão oposta para empurrar a ponta dos dedos estendidos e a mão para baixo em direção ao chão.
  • Segure por 30 segundos.

Alongamentos para artrite reumatóide: rotação do quadril

Mantenha seus quadris flexíveis com este alongamento simples:

  • Sente-se ou deite-se de costas no chão ou na cama, os pés ligeiramente separados.
  • Com as pernas e os joelhos esticados, vire os joelhos na direção um do outro e toque os dedos dos pés juntos.
  • Segure por cinco segundos.
  • Vire as pernas e os joelhos e segure por cinco segundos.
  • Repita duas vezes ao dia, aumentando gradualmente para cinco, 10 e 20 repetições.

Alongamentos para artrite reumatóide: pés flexíveis

Ter pés flexíveis é útil para a vida cotidiana. Até mesmo caminhar fica mais fácil com as articulações dos pés mais flexíveis. Para manter os dedos dos pés e tornozelos mais flexíveis, siga estas etapas:

  • Fique de frente para uma parede e coloque as palmas das mãos nela, um pé à frente e um pé atrás.
  • Deixe os calcanhares no chão e incline-se para a frente.
  • Você sentirá uma leve pressão na panturrilha da perna de trás e no tendão de Aquiles na parte de trás do tornozelo.
  • Segure por 30 segundos.
  • Faça três repetições.
  • Em seguida, inverta a posição das pernas e repita.

Tai Chi e Artrite Reumatóide

O tai chi é um exercício de movimentos suaves que se originou na China e agora é praticado em todo o mundo. No tai chi, os praticantes trabalham lenta e suavemente por meio de um sistema de movimentos e posturas que visam conectar o corpo à mente. Em geral, os proponentes do tai chi apontam para os seguintes benefícios à saúde:

  • Maior força
  • Flexibilidade aprimorada
  • Equilíbrio melhorado
  • Coordenação
  • Menos estresse e ansiedade
  • Melhor concentração e memória
  • Melhor postura

Estudos de pesquisas recentes sugerem os seguintes benefícios do tai chi:

A Arthritis Australia e a Australian Rheumatology Association endossam um conjunto especial de 12 movimentos de tai chi chamado Tai Chi para Artrite, que foi desenvolvido em 1997 especificamente para ajudar a aliviar a dor nas articulações e a rigidez em pessoas com artrite reumatóide.

Para a saúde da artrite reumatóide, evite exercícios de alto impacto

Os exercícios de alto impacto colocam muita pressão nas articulações se você sofre de artrite reumatóide. Eles podem causar crises, aumentar o desgaste das articulações e tornar a vida diária mais dolorosa e difícil. A menos que seja aconselhado de outra forma por um médico, tente evitar atividades como

  • corrida,
  • corrida,
  • tênis em pavimento duro,
  • levantando pesos pesados,
  • basquete e
  • vôlei de salão.

Repouso de equilíbrio e exercícios para o alívio da artrite reumatóide

Embora permanecer ativo seja uma das melhores formas de autocuidado para a artrite reumatóide, lembre-se de que o descanso também é fundamental para a saúde contínua. Quando se trata de qualquer exercício, siga estas dicas:

  • Ponha-se no ritmo
  • Não exagere
  • Se causar dor, pare imediatamente

Muito repouso na cama pode ajudá-lo a se sentir melhor a curto prazo, mas tente não exagerar. Se você ficar longe demais dos pés, seus músculos ficarão fracos e as dores nas articulações poderão piorar. A chave aqui é o equilíbrio.

Exercício para artrite reumatóide: obtenha um personal trainer

Aprender a malhar com artrite reumatóide pode ser um desafio. Para facilitar e obter melhores resultados com mais rapidez, procure um personal trainer com experiência em ajudar pessoas com artrite reumatóide. Tente encontrar alguém que já trabalhou com clientes com limitações físicas, excesso de peso ou idosos.

Um treinador como esse entenderá seus desafios únicos e será capaz de aconselhá-lo sobre as rotinas de treino que funcionarão melhor para o seu corpo e dar-lhe uma ideia de quais equipamentos experimentar e quais equipamentos evitar.

Uma alimentação saudável beneficia a saúde de seu coração enquanto lhe ajuda a emagrecer, assim como detox caps faz, limpando seu organismo de toxinas e oxidantes desnecessários enquanto diminui seu peso na balança.

E o melhor de tudo isso é que não existem efeitos colaterais, afinal, a composição do detox caps é 100% natural. Vale a pena conhecer!

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Faça o primeiro comentário a "Exercícios para artrite reumatóide: conheça!"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*