Como detectar falhas em seu veículo em 5 passos

Sabemos que ter um veículo também é motivo de preocupações, pois precisamos realizar manutenções preventivas e ter diversos cuidados que implicam em seu perfeito funcionamento, a fim de evitar imprevistos e gastos com reparos que poderiam ser evitados. Saiba como detectar falhas em seu veículo em 5 passos.

Você não precisa esperar que seu carro o deixe preso em vias públicas devido a falhas mecânicas e que necessite do serviço de guincho 24 horas SP, o qual fará a remoção do veículo nesses casos, para que você saiba que há um problema com o motor.

Para evitar um mau momento e impedir possíveis falhas no veículo, confira as 5 dicas que indicam que ele tem algum problema no seu mecanismo:

1- Luzes de aviso

Toda vez que colocamos a chave no interruptor de ignição do carro e a ligamos, várias luzes no painel acendem por alguns segundos e depois desligam. No entanto, se você perceber que uma delas acende após algum tempo ou permanece acesa, pode ser uma indicação de que você tem um problema com o mecanismo.

Essas luzes do painel estão conectadas a sensores que monitoram muitos sistemas de automóveis. Quando se trata do motor do seu veículo, eles fazem parte de um sistema de prevenção que indica que algo importante ou potencialmente prejudicial está acontecendo em sua hélice, como exemplo, o nível do óleo está baixo ou pode ser o momento de realizar a troca de óleo.

  1. Direção brusca

Seu motor deve funcionar sem problemas, com manuseio previsível e não deve ser sacudido, , acelerado ou parado a qualquer momento.

Se isso realmente acontecer, é um forte sinal de que há um problema. Tais comportamentos podem ser indicações de velas de ignição gastas, filtro ou mangueiras de combustível entupidas, entre outras coisas. Nesses casos, a manutenção preventiva, como ajuste, troca de óleo ou banda de distribuição em períodos regulares, pode ajudar a impedir que sua hélice se comporte de maneira inadequada.

  1. Sons diferentes

Um som de explosão pode ser a indicação de uma detonação dentro dos cilindros do motor. Isso acontece quando a gasolina é iniciada prematuramente na câmara de combustão e pode resultar em danos dispendiosos no pistão.

Em outros casos, uma explosão ou som de batida pode ser a falta de ajuste no seu motor. Isso geralmente acontece em hélices antigas ou muito gastas.

Por outro lado, um som estridente pode surgir quando você tenta dar partida no carro, isso é um sinal de que o sistema de partida precisa de atenção ou de uma possível mudança. Da mesma forma, um ruído de batida ou vibração ao fazer as mudanças de velocidade pode indicar um problema no motor ou talvez na transmissão.

Com o exposto acima, não significa que seu motor deva se comportar silenciosamente. Existem ruídos “naturais” que podem ser percebidos em sua operação diária. No entanto, se você ouvir algo estranho, não hesite em analisá-lo e dar atenção imediata.

  1. Odores incomuns

Se você dirige e dentro da cabine, sente um cheiro estranho, certamente há algo errado com o seu motor.

A essência que você percebe pode ser óleo ou líquido de refrigeração, que pode estar vazando através de uma mangueira. Também pode ser um cheiro de borracha queimada, isso indica que a banda de distribuição ou outras estão danificadas, sem tensão ou desgaste.

Outro dos odores que podem ser filtrados na cabine é o dos gases de escape. Estes são realmente tóxicos. Leve seu veículo até uma oficina de confiança para analisar a situação e corrigi-la.

  1. Fumaça

Se você perceber que muita fumaça sai do escapamento ou tem uma cor rara, pode haver um problema com o motor. Grandes quantidades de fumaça podem ser causadas por algum contaminante que se infiltrou na mistura combustível-ar e está queimando junto com a gasolina.

Por outro lado, se você notar que a fumaça que sai do escapamento é azul, significa que o óleo está vazando na câmara de combustão e está sendo consumido junto com a gasolina.

Parece simples, mas estes itens podem causar danos grandes em longo prazo, portanto, realize as manutenções e verificações necessárias em seu veículo.

 

Faça o primeiro comentário a "Como detectar falhas em seu veículo em 5 passos"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*