Chaves para enfrentar um tratamento de fertilidade

Iniciar o tratamento de fertilidade é algo que muda sua vida, exigindo envolvimento físico, emocional e financeiro , mas no longo prazo acaba sendo uma das melhores decisões já tomadas.

Durante esse processo, os casais, e principalmente as mulheres, passam por momentos difíceis por motivos como pressão, incerteza e os hormônios administrados durante o tratamento para alcançá-lo com sucesso.

Mas é de vital importância saber controlar esses aspectos psicológicos, pois eles podem influenciar negativamente na gravidez e também porque são a razão pela qual entre 15% e 45% dos casais abandonam o tratamento.

Talvez você pode se interessar também por uma clinica de reprodução humana ibirapuera | Aproveite

Gerenciando emoções antes do tratamento de fertilidade

Aceite a situação

O primeiro e mais importante passo é assimilar que você tem um problema de infertilidade. Ser capaz de aceitar naturalmente as emoções que possam surgir, sem se culpar, ajuda a superar sentimentos como frustração, tristeza e medo.

Positivismo, ante todo

Pare de pensar como você poderia ter evitado estar nesta situação, não é necessário se martirizar com o passado. Evite negatividade e culpa (seja sobre idade, saúde, hábitos de vida). Concentre-se no futuro e em como lidar com essa nova situação.

Seja realista

Sim, mencionamos o positivismo, pois encarar um tratamento com otimismo é muito importante para ter sucesso. Mas é preciso conhecer as dificuldades e os possíveis imprevistos que podem ocorrer durante o tratamento de fertilidade . Esse equilíbrio será vital ao tomar decisões em tempos difíceis.

Seu parceiro é seu maior e melhor apoio

Certifique-se de cuidar um do outro emocionalmente. Uma atitude de escuta emocional, tolerância e compreensão é necessária para ajudar uns aos outros, evitando culpas e compartilhando o fardo.

Vá ao centro para responder a perguntas

Quanto mais informados estivermos, melhor lidaremos com os problemas de infertilidade. Há cada vez mais avanços em tratamentos e tecnologia, tornando-os mais complexos. Você também pode consultar outros casais na sua situação, ler, ou se informar, mas sempre recomendamos consultar o médico.

Estresse, seu pior companheiro nesta viagem

De acordo com estudos, mulheres com altos níveis de ansiedade têm 30% menos chance de seus óvulos serem fertilizados, mesmo sob tratamento de fertilidade. Essa ansiedade não afeta apenas a possibilidade de fecundação, mas também provoca emoções negativas que se estendem à relação com o meio ambiente, fator coadjuvante fundamental nesses casos.

Continue com o seu dia a dia

Mesmo que você esteja em tratamento de reprodução assistida, é importante continuar, na medida do possível, com sua atividade diária, bem como buscar novos interesses. Fazer atividades de lazer ou ao ar livre mantém a mente ocupada, reduz a ansiedade e a vida do casal não se concentra apenas em engravidar.

Apoio psicológico

Ir a centros de assistência psicológica durante o tratamento de fertilidade pode ser de grande ajuda em alguns casos. Não só servirá de apoio emocional em momentos difíceis, como também poderá ensinar técnicas de autocontrole para lidar com as situações que geram ansiedade.

Compartilhe com outros casais

Passar tempo com outros casais que estão passando pela mesma situação ajuda a não se sentir sozinho, pelo fato de compartilhar experiências e emoções semelhantes com pessoas que passaram pelo mesmo transe.

Qual é o seu plano B?

33% dos casais com problemas de fertilidade acabam não tendo um filho biológico , possibilidade que deve ser levada em consideração. Antecipar e preparar um “ Plano B” ajuda você a se sentir mais no controle e seguir em frente. Analise as possibilidades de engravidar, os recursos que você alocará, quais tratamentos você está disposto a tentar, até quando e, por fim, defina a meta. Isso evita um impacto maior no estado de espírito em situações que estão além do nosso controle.

 

Faça o primeiro comentário a "Chaves para enfrentar um tratamento de fertilidade"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*